6 Dicas para ganhar dinheiro como freelancer

Quem trabalha como freelancer, muitas vezes, tem uma rotina multitarefa. Entre escrever e-mails, falar com clientes e se dedicar às variadas tarefas pendentes, a vida pode ser bem complicada. Pode ser tão difícil, aliás, quanto a de quem precisa bater ponto em um escritório todos os dias.

1. Crie sua própria programação diária

Um dos maiores desafios de um freelancer é gerir o seu próprio tempo. Para que as coisas não saiam do controle, é importante estabelecer uma rotina e mantê-la em ordem.

Estabeleça um horário para começar e terminar de trabalhar é algo que faça você se motivar a sair da cama rapidamente. Também é importante organizar as pausas e os momentos em que se desligará dos trabalhos para equilibrar bem o dia.

2. Revise sua lista de tarefas todas as manhãs

Antes de começar um dia novo, vale a pena checar o que foi feito nos dias anteriores – os progressos, pendências e atividades programadas para o novo dia.

o final de cada semana, vale a pena recapitular todas as tarefas que foram resolvidas e as pendências que precisam ser checadas podem ajudar a criar uma lista mais certeira para os próximos dias de trabalho. Isso pode incluir projetos, e-mails e ligações. Como são muitas informações, quanto mais organizado, melhor.

3. Comece pelas tarefas mais difíceis

Esperar muito tempo para enfrentar os grandes projetos pode não ser uma boa ideia. Com muitas tarefas, a energia se desgasta durante o dia. Então, riscar da lista aquilo que é mais complicado e exige mais foco é uma ótima maneira de começar. Deixe as pequenas tarefas e as missões mais mecânicas e simples para depois.

4. Agrupe as tarefas que podem ser feitas simultaneamente

Agrupar tarefas semelhantes em conjunto podem ajudar o freelancer a aumentar a produtividade. 

A dica é separar tarefas mais triviais como responder e-mails, fazer postagens em redes sociais em categorias e achar pequenas tarefas que podem ser feitas em conjunto com elas, como finalizar um vídeo editado, por exemplo. Isso ajuda a ajustar o fluxo de coisas e o foco que cada missão exige. 

5. Organize seu e-mail

Nenhum freelancer pode se dar ao luxo de não prestar atenção no e-mail. A caixa de entrada deve ser constantemente monitorada e organizada para que as solicitações, perguntas e adendos não se percam. Muitas informações acabam chegando por e-mail e uma caixa organizada é essencial para atender a pedidos e manter os que já estão em andamento.

6. Mantenha o controle de suas finanças

Trabalhar por conta própria implica a saber administrar as finanças também por conta própria. É crucial que o freelancer mantenha um controle de tudo que foi feito no mês, quanto ganhou, quanto economizou, por quais projetos já recebeu e futuras datas de pagamento.

Ter tudo organizado e documentado é importante para saber como se está operando e manter o controle do que os trabalhos independentes geram de receita, além de garantir uma postura mais certeira na hora de pagar impostos, por exemplo.  Uma boa organização financeira também ajuda o freelancer a visualizar os meses futuros e fazer planos em relação a novos trabalhos.

Fonte: PEGN

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *